Miss África do Sul Zozibini Tunzi é eleita a mulher mais bonita do planeta “Miss Universo 2019”

A jovem Zozibini Tunzi, Miss África do Sul, de 26 anos, natural de Tsolo conquistou a coroa de “Miss Universo 2019”, na madrugada deste domingo (08) de Dezembro, em Atlanta, Estados Unidos, tornando-se a terceira mulher negra a vencer desde 2011, quando Leila Lopes, de Angola, arrecadou o título.


Zozibini Tunzi, Miss África do Sul,  deixou para trás outras 93 lindas adversárias e recebeu a coroa em Atlanta, nos Estados Unidos, e é terceira sul-africana a ter sucesso na história desta competição, após as vitórias de Demi-Leigh Nel-Peters (2017) e Margaret Gardiner (1978), conquistando o público e o júri com as suas ideias contra o racismo e o machismo, venceu a gala realizada neste domingo à noite em Atlanta, Estados Unidos.
Numa cerimônia que contou com a actuação da cantora Ally Brooke, que ganhou notoriedade com a girband norte-americana Fifth Harmony, e que teve pela quinta vez consecutiva, a apresentação do comediante Steve Harvey, que em 2015 confundiu as vencedoras e anunciou a Miss Colômbia como vencedora da noite, quando na verdade a vencedora era a Miss Filipinas.
 Em segundo lugar ficou a candidata de Porto Rico. Já o terceiro com Sofia Aragon, do México.
Vale ressaltar que a última mulher negra a vencer o titulo da mulher mais bonita do planeta pelo “Miss Universo”, foi Leila Lopes, em 2011, na altura com 25 anos, que foi eleita Miss Universo numa gala que decorreu na cidade brasileira de São Paulo.



Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem